Logo
"SEM ESCRIVÃO A POLÍCIA PARA"
NOTÍCIAS
09/11/2016 - AEPESP participa de Ato Público na Paulista e cobra que Governo cumpra com as reivindicações do Movimento
AEPESP participa de Ato Público na Paulista e cobra que Governo cumpra com as reivindicações do Movimento

AEPESP participa de Ato Público na Paulista e cobra que Governo cumpra com as reivindicações do Movimento

 

Por Flávia Aquelino

 

O final de tarde ensolarado, de terça-feira (08) na Avenida Paulista, foi o palco escolhido pelo Movimento Unificado S.O.S. Segurança Pública para dizer basta ao Governo do Estado, para a calamidade que se encontra a Policia Civil em São Paulo. Os lideres Sindicais ocuparam o Vão livre do Masp para cobrar a Secretaria da Segurança Pública melhores condições de trabalho e, que se cumpra, as reivindicações impostas em recentes audiências com o Secretário Mágino Alves Barbosa. O presidente da Associação dos Escrivães, Horácio Garcia, também participou e salientou a importância das nomeações anunciadas no início deste mês.

 

No Ato, Policiais Civis seguravam faixas com os dizeres “Sucateamento da Segurança Pública causa a morte de Policiais Civis em São Paulo, “O crime não é fracionado, nomeação total já”, em resposta ao número anunciado pelo Governador Geraldo Alckmin, com a nomeação de menos de 10% do necessário. No último 03 de novembro os lideres das associações e sindicatos que integram o Movimento esperavam por respostas positivas referente à pauta de reivindicações conjuntas, mas as respostas não foram favoráveis, justificada pela queda na arrecadação.

 

Em discurso na Avenida Paulista, o presidente da AEPESP falou aos que passavam pelo local sobre o falta de efetivo e como isso afeta no atendimento da população no Estado.  Mas que a entidade vem lutando e, a recente vitória com o parecer do Ministério Público foi importante para a carreira e, ‘minimizar’ o caos. “A grande vitória que consideramos com o parecer que ingressamos recentemente, é o Ministério Público ter entendido que o Governo tem seis meses de prazo para empossar 1.930 Escrivães sob pena de multa diária de 10 mil reais.Enquanto a gente espera que agora a Juíza mantenha o parecer do Promotor, e que o Governo seja notificado do prazo, primeiro, das posse a todos os concursados que aguardam, isso o Governo fez recentemente nesses pouquíssimos que ele chamou, concluiu o 100% dos cargos dentro do edital de Escrivães, mas nós sabemos que 1903 aprovados e a gente vai continuar a luta para que os remanescentes sejam convocados”, concluiu.

 

Ao final do Ato no Vão do Masp, ficou decidido que as entidades representadas por seus representantes classistas, irão dar continuidade ao Movimento Unificado S.O.S. Segurança Pública e cobrar que os três principais pontos citados reuniões anteriores, sejam mantidos até que Governador Geraldo Alckmin cumpra as reivindicações. 

 

Não houve grandes impactos no trânsito, mas o Ato organizado pelo Movimento S.O.S. teve efeito para a sociedade que circula pela região e, para que reflitam, sobre o sucateamento da Policia Civil.

Unidades Policiais
Departamento Jurídico
O AEPESP mantém uma série de convênios nas áreas Educacional, Advocacia, Turismo, Saúde, lazer, Parcerias e Serviços em Geral. Confira a diversidade que oferecemos aos nossos associados clicando aqui.
Fale Conosco
Email: aepesp@uol.com.br
Tel/Fax: 11 3229-9014/3228-2160/3326-3913
Endereço: Av. Cásper Líbero, 502, 10º andar - Luz
Cep: 01033-000 - São Paulo/SP.
© 2013 AEPESP - Associação dos Escrivães de Polícia do Estado de São Paulo
Desenvolvimento: Ellos design